Lourenco.jpg

A nova diretoria do Sindicato Nacional dos Leiloeiros Rurais (SNLR) será presidida por Lourenço Miguel Campo, leiloeiro rural a mais de 35 anos e diretor da Central Leilões. A chapa “Brasil Total” irá conduzir a entidade no triênio 2020/2023. Trabalhando para promover credibilidade aos leilões realizados no Brasil.

“Nosso principal propósito será manter a classe unida e reforçar ainda mais o papel histórico do leiloeiro rural para o desenvolvimento do mercado pecuário nacional”, destacou o novo presidente do SNLR.

“Encerro meu ciclo à frente do sindicato passando o comando para uma diretoria mais ampla, com profissionais alocados em várias regiões do país. As novas tecnologias possibilitaram a formação desta chapa, incluindo representantes distribuídos pelo Brasil”, declarou Nilson Genovesi, que ocupou diversos cargos no SNLR até assumir a presidência, em 2017.

A gestão atual contará com um conselho extraestatutário formado por ex-presidentes do sindicato: João Gabriel, Guillermo Sanchez, Daniel Bilk Costa, Djalma Barbosa de Lima, Nilmar Ignácio Gomes, Moacyr Seródio e Nilson Genovesi.

Leilão?

Só com leiloeiro filiado ao SNLR.